Número total de visualizações de página

Faixa Sonora

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

NAVEGAR


Navega, descobre tesouros,
mas não os tires do fundo do mar,
o lugar deles é lá.

Admira a Lua,
sonha com ela,
mas não queiras trazê-la para Terra.

Goza a luz do Sol,
deixa-te acariciar por ele.
O calor é para todos.

Sonha com as estrelas,
apenas sonha,
elas só podem brilhar no céu.

Não tentes deter o vento,
ele precisa correr por toda a parte,
ele tem pressa de chegar sabe-se lá onde.

As lágrimas?
Não as seques,
elas precisam correr na minha, na tua, em todas as faces.

O sorriso!
Esse deves segurar,
não o deixes ir embora, agarra-o!

Quem amas?
Guarda dentro de um porta jóias, tranca, perde a chave!
Quem amas é a maior jóia que possuis, a mais valiosa.

Não importa se a estação do ano muda,
se o século vira, conserva a vontade de viver,
não se chega a parte alguma sem ela.

Abre todas as janelas que encontrares e as portas também.
Persegue o sonho, mas não o deixes viver sozinho.
Alimenta a tua alma com amor, cura as tuas feridas com carinho.

Descobre-te todos os dias,
deixa-te levar pelas tuas vontades,
mas não enlouqueças por elas.

Procura!
Procura sempre o fim de uma história,
seja ela qual for.

Dá um sorriso àqueles que esqueceram como se faz isso.
Olha para o lado, há alguém que precisa de ti.
Abastece o teu coração de fé, não a percas nunca.

Mergulha de cabeça nos teus desejos e satisfá-los.
Agoniza de dor por um amigo,
só sairás dessa agonia se conseguires tirá-lo também.

Procura os teus caminhos, mas não magoes ninguém nessa procura.
Arrepende-te, volta atrás,
pede perdão!

Não te acostumes com o que não te faz feliz,
revolta-te quando julgares necessário.
Enche o teu coração de esperança, mas não deixes que ele se afogue nela.

Se achares que precisas de voltar atrás, volta!
Se perceberes que precisas seguir, segue!

Se estiver tudo errado, começa novamente.
Se estiver tudo certo, continua.

Se sentires saudades, mata-as.
Se perderes um amor, não te percas!
Se o achares, segura-o!

Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala.
"O mais é nada".


(Fernando Pessoa)

6 comentários:

  1. Lindooo!!!!
    Para quando um poema teu para o meu Midas???
    Será que consegues???
    E esta hem???
    Esta musica de fundo, maravilhosa!
    Beijinhos e um até já....

    ResponderEliminar
  2. Este é de todos os poemas do poeta Fernando Pessoa que eu conheço que mais aprecio.
    É na verdade um poema muito belo e mto rico em sabedoria.
    O seu trabalho de imagem tb é igualmente mto belo. Uma imagem elaborada com mto talento artistico e mto profissionalismo. Adorei mto.
    Seu espaço é muito bonito, com excepção do tema de fundo que eu não o aprecio nem um pouco. rssss.
    Quem diz a verdade não merece castigo! Não é assim mesmo Amigo!?! rssss

    ResponderEliminar
  3. Leve e doce...
    Maravilhosos conselhos...
    bjs ;)

    ResponderEliminar
  4. Ainda estou aprendendo à gostar das poesia de Fernando Pessoa, tem algo nelas que me incomoda um pouco, mas essa com certeza é uma bela poesia e também muito sábia.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  5. Que seu amanhecer seja tão encantado como a magia de todas as fadas... O seu dia seja tão estrelado como a mais linda noite de luar... Seus desafetos sejam tão pequenos como a menor gota de mar

    ResponderEliminar
  6. OLÁ AMIGO MÁRIO!!
    ஜ______ஜ♥ஜ______ஜ♥ஜ______ஜ♥ஜ______ஜ♥ஜ

    Desejo-te uma quinta feira
    Repleta de energias
    Positivas
    Com muita paz e muita luz!!

    FIQUE NA PAZ DO SENHOR

    BEIJOS E ABRAÇOS
    JUDDY
    ஜ______ஜ♥ஜ______ஜ♥ஜ______ஜ♥ஜ______ஜ♥ஜ

    ResponderEliminar